Missão cumprida

12.3.12





Cinco dias depois a cumprir um plano para manter a carruagem nos eixos (isto está sempre quase, quase a descarrilar), e que consistia em atacar quatro frentes de frente (lamento a falta de vocabulário de guerra, mas sou nova nisto): 1.corpo são mente sã; 2.casa arrumada cabeça tratada; 3.trabalho e 4.lazer, posso dizer com segurança que a missão foi cumprida.
É certo que falhei caminhadas; comi fondue de chocolate à fartazana, um éclair da Ertilas e batatas fritas; também passeamos pouco, porque o Nicolau ainda estava bastante atacado e, além disso, a casa continua bastante caótica, mas eu sinto-me bem e portanto tudo parece diferente.
É claro que se eu em vez de estar transformada numa espécie de padeira de Aljubarrota a enxotar os inimigos, estivesse a ler numa esplanada, ou a beber umas cervejas e a comer ameijoas, enquanto a empregada limpa a casa, seria, provavelmente, mais feliz, mas assim também está bem, porque eu estou capaz de levar este mundo e o outro às costas e ainda rebentar o focinho a quem se meter à minha frente.

7 comentários:

  1. As plantinhas sobrevivem, as crianças também, para já parece-me que podemos manter a assistência social fora disto :p

    ResponderEliminar
  2. Ainda que como seguidora "muda", tenho acompanhado com entusiasmo este teu diário de viagem... ainda bem que a pausa foi curta... ler-te é agradável, diverte-me e ensina-me!

    ResponderEliminar
  3. benvinda de volta! acho q ser mae a tempo inteiro é so mesmo para as mulheres corajosas eheheh es uma delas! n digo em tom de critica! estive qse 2 anos c a minha filha em casa, ja batia c a cabeça eu td o q era parede! e mt dificil qd a pessoas sente q queria estar ali mas tb em outro lugar, um emprego no meu caso, era o q queria! ela agra esta na creche e eu estou a trabalhar, tb tnho um trabalho q n me enche as medidas mas q me permite, q alguma ginastica saudavel, dar lhe momentos de maior diversao, se bem q p entreter uma criança n e preciso dinheiro, basta ir ao parque, e ter pelo menos p um geladinho :) eu n aguentei, e acho q n aguentaria porq tnh uma voz dentro de mim a proclamar outras cançoes p alem de ser mae, adoro ser mae, adoro a minha filha e adoro ter saudades dela, mas apesar de n querer ser mae a tempo inteiro, se fosse algo
    q tivesse q o fazer por um motivo de força maior n hesitaria! custa mt estar em casa e manter a sanidade mental...renova te, apanha ar, vai a rua, tira um dia so p ti (qd for possivel), assim q o mais novo depender menos de ti ja se torna menos dificil, eu acho! e mete lo na creche nao?em part time pelo menos

    bjs e peço desculpa pelo testamento!

    ResponderEliminar
  4. Quanto ao resto não sei. Ou até sei mas não digo. Mas tens uns filhos lindos. Lindos e maravilhosos.

    ResponderEliminar
  5. Os teus filhos são lindos, de facto! E isso é o que se chama "agarrar o touro pelos cornos"!

    ResponderEliminar