A minha mãe

17.12.13
(Na Suiça, com o neto)

A minha mãe ligou-me há uns dias muito feliz a dizer que ia "botar" uns dentes novos.
A minha mãe vive sozinha com a minha avó. Comem, pagam as contas, os medicamentos e juntam dinheiro para o caixão da minha avó com a reforma de ambas (550€). Para botar os tais dentes novos, a minha mãe faz todo o tipo de biscates que lhe aparecem.
Como não tem de cuidar da minha avó durante o tempo em que ela está comigo, pode trabalhar todo o dia, mais de 10 horas por dia. Basicamente a minha mãe está feliz por poder trabalhar, por não ter a "aduna" de cuidar de alguém 24 horas por dia (não que a minha avó precise de tantos cuidados, é mais a minha mãe que não consegue descansar) e por poder viajar até à Suiça para visitar o meu irmão mais novo.
Mas a minha mãe fica feliz por pouco tempo. Há-de continuar fixada no objectivo dos dentes até achar que não faz sentido e decidir trabalhar para montar uma cozinha no andar de cima, ou abrir uma padaria.

2 comentários:

  1. Ora aí está uma mulher do Norte, carago!

    ResponderEliminar
  2. Oh páh, se a tua mãe abrir uma padaria, estou com ela :)

    ResponderEliminar