A Árvore de Natal mais Feia do Mundo

3.12.11


































Dois post seguidos com o Natal dentro poderia ser caso para indagar o meu subconsciente se eu não tivesse a certeza absoluta que não há lá nada, nem no sub, nem em nenhum outro patamar da consciência, porque a minha cabeça anda mais ou menos como o balde que segura a Árvore de Natal Mais Feia do Mundo.
Posto isto, poria também aqui qualquer coisa sobre a necessidade de andar vestida confortavelmente e como isso nos pode levar, ao longo dos anos, a acabar com trajes deprimentes no supermercado e, pelo meio, ainda diria que isso acontece por causa dos filhos.
Depois, um bocado cega pela enxaqueca e um tanto ressabiada com os milhões de pessoas melhores do que eu (42,7% delas mães), punha aqui isto e, mais uma vez, culpava a maternidade por sugar toda a minha energia criativa e impedir-me de fazer coisas assim e outras ainda mais fixes.
Mas assim como assim, creio que ir a Monsanto apanhar pinhas e lenha para a lareira e vir de lá com a Árvore de Natal Mais Feia do Mundo, porque o Isaac a viu no chão e chamou-lhe árvore de natal, e depois enfeitá-la como se vê reconcilia-me com a maternidade e impede-me de dissertar sobre o que poderia dizer e não disse.

8 comentários:

  1. Acho a tua árvore mesmo, mesmo linda.

    ResponderEliminar
  2. é bom quando nos calamos a tempo, apesar de tudo! :) sempre por causa dos filhos - muito bem, Isaac!

    ResponderEliminar
  3. LOL, essa árvore pode não ser a Árvore de Natal Mais Bonita do Mundo, mas é concerteza uma Árvore de Natal Cheia de Piada: os ramos dançam com o vento (ou dançaram, devido à sua inclinação), as bolas são azuis e brancas (à Porto. Não estou cegueta pois não?????), as fitas coloridas penduradas lembram que um dia o verão há-de voltar e trazer as folhas verdes (para as outras árvores, claro está) e, mais importante, foi escolhida pelo Isaac (porque o Nicolau ainda não opina nestas coisas) e decorada por vocês com a vossa identidade (as bolas, os trapos, enfm...), tem a vossa cara - não querendo com isto dizer que vocês são feios, lol :p

    ResponderEliminar
  4. Essa árvore está linda. Espera até veres o pinheiro raquítico pelo qual a Carolina se apaixonou e que está num vaso à espera de decoração. Ela também gosta das Barbies velhas sem braços e sem pernas. Os nossos meninos têm corações enormes, é o que é.

    Dora

    ResponderEliminar
  5. Como brasileira e agora morando aqui noto que,
    em geral, os portugueses(as) não são muito de elogiar( até as crianças). Um incentivo positivo
    sempre é bom para as pesssoas, não é? Porquê
    postar como a "árvore mais feia do mundo""?
    Se foi seu próprio filhinho que a escolheu?
    Pra cima é que se olha .....

    ResponderEliminar
  6. Por duas razões, Raquel:
    1) é uma árvore sem folhas (ao contrário dos pinheiros que normalmente se usam no Natal) e torta, por isso é feia;

    2)porque há uma história, que ele conhece, que diz que duas pessoas se apaixonaram por serem as únicas no mundo que achavam a "Árvore de Natal Mais Feia do Mundo" uma árvore bonita :)

    Não é preciso as coisas serem bonitas (ou dizermos que são bonitas só porque são nossas, ou dos nossos filhos) para gostarmos delas.

    ResponderEliminar